logo

Aluno algarvio é o primeiro a arrecadar 7 medalhas

Rui Zhu Wang é o primeiro aluno a conseguir conquistar sete medalhas nas Olimpíadas Portuguesas de Matemática (OPM), uma por cada ano de participação.

-files-images-img_5f78d95c4e1e2

A participar na competição desde 2014, este aluno da Escola Secundária Tomás Cabreira, em Faro, conquistou quatro medalhas de ouro, duas de prata e uma de bronze. Rui Zhu Wang, que agora ingressa no ensino superior, arrecadou nesta edição uma medalha de prata, revelou a Sociedade Portuguesa de Matemática em comunicado.

Também Sophia Zhu Wang, irmã de Rui, conquistou uma medalha de bronze na Categoria Júnior (6.º e 7.º anos).

De assinalar que, coincidentemente, todos os medalhados com prata e ouro da Categoria B (10.º ao 12.º ano) são os mesmos que foram escolhidos em agosto para integrarem a equipa que representaria Portugal nas Olimpíadas Internacionais de Matemática, que decorreram de 20 a 28 de setembro. Pedro Costa Dias (18 anos), Tiago Marques (16 anos) e Tiago Mourão (16 anos) são os responsáveis pelas medalhas de ouro. Leonardo Tavares (16 anos), Nuno Carneiro (18 anos) e Rui Zhu Wang (17 anos) conquistaram as medalhas de prata.

A cerimónia de encerramento das XXXVIII OPM decorreu esta tarde online, através da plataforma Zoom. O evento contou com a presença de José Vítor Pedroso, da Direção Geral de Educação, de João Araújo, presidente da Sociedade Portuguesa de Matemática, de Ana Noronha, da Ciência Viva, da equipa de correção de provas e das várias dezenas de alunos participantes.

As Olimpíadas Portuguesas de Matemática dividem-se em três categorias: categoria Júnior (6.º e 7.º anos), categoria A (8.º e 9.º anos) e categoria B (10.º, 11.º e 12.º anos). Cada categoria, que conta com um total de 30 alunos, atribui três medalhas de ouro, três de prata e seis de bronze.

A Final das XXXVIII Olimpíadas Portuguesas de Matemática, inicialmente prevista para o final de março, nas Caldas da Rainha, e adiada devido aos constrangimentos provocados pela COVID-19, diz respeito ao ano letivo 2019/2020. Neste momento já estão abertas as inscrições para a edição de 2020/2021.

As provas finais da competição decorreram no dia 12 de setembro, com apenas uma prova, em vez das duas habituais, e pela primeira vez em cinco locais distintos, de forma a evitar aglomerados. A Universidade do Porto, a Universidade de Coimbra, o Instituto Superior Técnico, em Lisboa, a Universidade do Algarve e a Universidade da Madeira receberam os 90 alunos, selecionados nas primeiras duas eliminatórias, acrescenta a mesma entidade.

As Olimpíadas Portuguesas de Matemática são organizadas pela Sociedade Portuguesa de Matemática em parceria com o Departamento de Matemática da Universidade de Coimbra, com o apoio do Ministério da Educação, da Ciência Viva, da Fundação Calouste Gulbenkian, do Novo Banco, da Texas Instruments e da Happy Code.

EmailLinkedInFacebookGoogle+Twitter