minidgeste

Qualidade e Quantidade das Refeições Escolares

Dando cumprimento à Lei do Orçamento de Estado para 2018 (artigo 171.º), a DGEstE publica o relatório com a avaliação do funcionamento das cantinas e refeitórios concessionados a privados.
Para a implementação do Plano Integrado de Controlo da Qualidade das Refeições Servidas nos Estabelecimentos de Educação e Ensinos Públicos foram criadas equipas regionais de Fiscalização que, no acompanhamento de proximidade junto das escolas, atuaram na prevenção e correção das irregularidades reportadas, tendo realizado perto de 80 visitas a escolas.
Foram servidas perto de 165.000 refeições de prova, as quais mereceram uma avaliação média de “Bom” em todos os itens avaliados (confeção, qualidade dos produtos, apresentação do serviço, apresentação do pessoal, eficiência e higiene). Quanto ao numero de reclamações, foram registadas 854 num universo de mais de 25 milhões de refeições servidas nas cantinas e refeitórios das escolas públicas das regiões Norte, Centro, Lisboa e Vale do Tejo e Alentejo*.

Pode consultar o relatório através do seguinte link:
Plano Integrado de Controlo da Qualidade e Quantidade das Refeições Escolares

*A região do Algarve não tem refeitórios concessionados.

EmailLinkedInFacebookGoogle+Twitter